Quantidade de Páginas visitadas

REFERÊNCIA DE PARTICIPAÇÃO COMUNITÁRIA

Segunda-feira, 05 de agosto de 2002 A EE Prof. Emygdio de Barros, localizada no Butantã, atende 2 mil alunos de 5a a 8a série do Ensino Fundamental e Ensino Médio. A demanda da escola é formada pela comunidade do Jd. Bonfiglioli e mais quatro comunidades carentes. No ano de 2000, a evasão do Ensino Fundamental foi de 14,6% e do Ensino Médio, 7,7%. Estes dados estavam ligados aos índices de violência. Após uma série de atividades junto à comunidade e de parcerias, os dados de abandono escolar apresentaram significativa queda. Em 2001, o Ensino Fundamental caiu para 2,2%, e o Ensino Médio, 6%. Ao assumir a direção em 2000, a diretora Isabel Cristina Silva encontrou a unidade escolar com uma série de problemas como, por exemplo, invasões, arrombamentos, pichações, carteiras quebradas. Naquele ano, foram registradas as seguintes ocorrências policiais: 4 arrombamentos, 1 agressão, 8 invasões, além de explosão de bombas nas dependências do prédio escolar. Para reverter este quadro, a direção da escola ouviu representantes de classes, escolhidos pelos próprios colegas, o corpo docente e pais de alunos para traçar soluções. A partir daí, foram iniciadas ações como utilização da carteirinha; mudança da metodologia de ensino, tornando as aulas mais atraentes; providenciada a cobertura da quadra esportiva, que é aberta nos fins de semana para a comunidade; música durante os intervalos e criação de um correio de som. Também foram desenvolvidos trabalhos com a comunidade como: o projeto Prevenção Também se Ensina, da Secretaria da Educação, que tem como objetivo a prevenção do uso de drogas e de doenças sexualmente transmissíveis; A Estética da Sensibilidade, que busca o resgate de valores perdidos; e Beleza Depende de Nós, realizado em parceria com a Bloomberg do Brasil, que promove mutirão de limpeza na escola. Esta parceria também faz doações tais como: livros, mobiliário, tv, computador etc. (a Bloomberg apresenta a escola como exemplo de transformação em congressos e palestras no exterior); Programa Avizinhar da Usp (insere a escola no contexto desta universidade para suporte pedagógico e novas tecnologias); e o Programa Esporte Talento (para os alunos que se destacam na prática esportiva). Com estas ações, a escola juntamente com alunos, professores e comunidade conseguiram reduzir a zero os índices de violência de janeiro a junho de 2002. Outro ponto fundamental neste processo são as 2 salas de informática, equipadas com 82 computadores, e que contam com 16 alunos monitores. A biblioteca também começará a ser informatizada com a instalação de 10 computadores e de 1 software especial. A escola foi uma das que teve sua zeladoria ocupada a partir do Plano de Segurança. Apesar de não participar do projeto Parceiros do Futuro, abre suas portas aos sábados e domingos, atendendo aproximadamente 150 crianças e pais da região para a prática de esporte e atividades de lazer.











Validador

CSS válido!

Secretaria de Estado da Educação do Paraná
Av. Água Verde, 2140 - Água Verde - CEP 80240-900 Curitiba-PR - Fone: (41) 3340-1500
Desenvolvido pela Celepar - Acesso Restrito